Fala-se de mãos e pés calejados, mas pouco se fala de corações calejados. Portanto... quanta gente há por aí vivendo como se não fosse possível ter sentimentos porque um dia foram magoadas. As pessoas mais duronas, que parecem indiferentes ao amor

Posts

Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Bom dia!

Não só para um ou este dia,

Para todos os dias, dias que virão,

Pois eles, são como a água que flui,

Estão ali na nossa frente... no momento seguinte, já se foi !

O dia e a água. . .

As pessoas são assim elas surgem na nossa vida e...

Se não as aprisionarmos no amor

Esta água preciosa ela se vai, rio abaixo!

Perder um dia, é perder a água...

Quando  o rio está cheio, não lhe damos valor!

Mas... as pessoas vão embora, e...

Depois restam-nos só lembranças vagas

Dor, tristeza e sofrimento

De tudo o que podíamos ter feito

E não fizemos

Sobra a memória das pessoas e da água que se foi no rio?

Quando estamos com sede devemos beber.

Quando temos alguém, devemos desfrutar, estar juntos e sonhar,

Pois é o amor que mata a sede do coração

E a água que mata a sede da vida!

Tal como num copo...

Segure bem o seu Amor e sorva, cada momento!

Meu Amor.

 

 

publicado por RosaOliveira às 12:24

Lamento que esta banda não tenha dado continuidade ao magnifíco trabalho que até aqui tinham feito. Ficam as recordações da uma das minhas bandas favoritas.
Beijinhos e um excelente fim de semana.
Lynce a 27 de Março de 2010 às 19:38


Engraçado!!!
Também é uma das minhas...
Intemporal e sempre bom de ouvir! Ao passar um Navio é uma das minhas preferidas!
Beijinhos!
Maria Helena a 28 de Março de 2010 às 13:54